Notícias


Queimados intensifica combate contra o Aedes Aegypti

Caminhada contra o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika contou com distribuição de panfletos e limpeza de vias

13/04/2019 18:24

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

O mutirão contra o Aedes Aegypti tomou as ruas do bairro Vila Nascente, na manhã deste sábado (13). Isto porque a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o setor de Conservação e Serviços Públicos, realizou uma grande caminhada de conscientização e retirada de entulhos, pneus e outros matérias que acumulam água. Cerca de quatro caminhões foram utilizados para a remoção de lixo na região.

O objetivo da ação é conscientizar a população sobre os perigos das doenças e fazer com que todos ajudem no combate através de medidas simples como o descarte correto dos lixos e as limpezas no quintal regularmente. “O mutirão ajuda a eliminar muitos focos, mas os moradores precisam dar continuidade ao trabalho realizado pelo governo, pois sozinhos não iremos conseguir combater esse mosquito”, alertou o Prefeito Carlos Vilela, ao lado do vice-prefeito, Machado Laz.

A escolha do bairro foi de acordo com o último LIRAa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes Aegypti, realizado em fevereiro. Segundo a pesquisa, o município de Queimados ficou com 0,98 (considerado safisfatório), porém o Vila Nascente foi o local com maior infestação do vetor, com 4,44%. Mas, de acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Drª Lívia Guedes, o mutirão irá passar por toda região da cidade.

“Estamos nas ruas pedindo a ajuda da população para combater esse mosquito. Iremos percorrer todo o município de Queimados para eliminar de vez os criadouros do mosquito transmissor da Dengue Zika e Chikungunya. Além disso, estamos alertando os moradores sobre a importância de procurar uma unidade de saúde caso sinta algum dos sintomas dessas doenças, para o tratamento correto”, afirmou a gestora.

Além do mutirão de limpeza, agentes de endemias percorrendo diariamente as casas da cidade, a Prefeitura está oferecendo repelente gratuito para as gestantes do município. Para a retirada do produto, basta ir até a farmácia municipal (Rua Onze, s/n, Vila Pacaembu- anexo ao CETHID), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS.

 Todos contra o mosquito

Os moradores do bairro Vila Nascente aderiram ao mutirão contra o Aedes Aegypti e retiraram dos seus quintais todos os materiais que poderiam se tornar foco do mosquito. A dona Rita de Cassia (47), foi a primeira a jogar fora os pneus e uma piscina de plástico no lixo. “Estou a fazendo a minha parte como cidadã para ajudar nessa luta. Se todos se unirem nessa causa, iremos conseguir eliminar de vez esse mosquito na nossa cidade”, afirmou.

Outro morador que participou dessa campanha foi o Renato de Souza (55). Enquanto o caminhão da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos passava, ele iria tirando os materiais da sua casa. “É melhor perder alguns minutos limpando o nosso quintal do que ficar doente. Por isso, estou sempre eliminando qualquer coisa que possa virar um criadouro do mosquito na minha casa”, declarou.

Em casos de terrenos abandonados e focos do Aedes Aegypti nas casas, a população precisa ligar para o Disque-Dengue pelo 21 2665-3939 e solicitar os agentes de endemias no local para a fiscalização e eliminação do criadouro.

Últimas Notícias

keyboard_arrow_left
    

Evento realizado no CEU Planeta Futuro reuniu cerca de 50 crianças e levou muita diversão para as crianças na véspera de feriado

Evento aconteceu nesta quinta-feira no CELTI com direito a prática de esporte oriental e muita dança

Peças teatrais, apresentações de dança e contação de histórias foram algumas das atividades realizadas pelos estudantes da E. M. Allan Kardec nesta terça (16)

Solenidade aconteceu nesta terça-feira (16) e contou com a presença do Prefeito Carlos Vilela e autoridades municipais

O 73º Fórum reuniu cerca de 100 dirigentes e técnicos para debater o Regime de Colaboração

Evento acontece nesta terça-feira (16). Projeto capacitou agentes municipais para prestar atendimento à comunidade surda.

Município realiza cerca de 250 atendimentos por mês e novos veículos possibilitam aumento em até 25% o número de ocorrências

Entre as causas que afetam a terceira idade estão preocupação com filhos e netos e a perda do cônjuge

    
keyboard_arrow_right

Facebook     Twitter     Youtube     Flickr     Blogspot